Em um mundo eternamente provisório, efêmeras letras elétricas nas telas de dispositivos eletrônicos.
29
Ago 10
publicado por José Geraldo, às 12:33link do post | comentar

Na minha cidade havia uma casa enorme, mansão dos tempos dos barões do café, que estava abandonada e tinha um jardim também impressionante. O jardim ficava detrás de altos muros e estava tomado já de ervas, depois de décadas de esquecimento. Mas quando olhávamos pelas gretas do portão, víamos lá dentro aquelas árvores exóticas, aquelas fontes onde já não jorrava água, cobertas de mato. Havia uma dignidade, uma disposição artística ali. Algo que o descuido não apagava.

Era um desafio comum em minha infância saltar o muro, à noite, e passar algum tempo dentro daquela casa, que dizia-se assombrada. Assombrada não sei, mas era assombrosa. Com suas paredes enfeitadas de estuque, seu alpendre aristocrático, seu jardim com fonte e estátua de cupido.

Com o tempo foi ficando perigoso entrar lá, mesmo de dia. O crime ocupando os espaços da poesia. Mundo estranho esse, no qual os lugares esquecidos passam a servir para a morte, e não para o sonho.

Um dia, finalmente, demoliram a construção e ergueram no lugar outra pilha de “engradados de guardar gente”. Agora, sim, creio eu, aquele terreno inóspito vive assombrado pela lembrança da beleza que lá existiu.


Gostei muito do seu blog!Excelente post!Sucesso!
saudeecompanhia a 1 de Setembro de 2010 às 00:07

mais sobre mim
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





comentários novos
Ótima informação, recentemente usei uma charge e p...
Muito bom o seu texto mostra direção e orientaçaoh...
Fechei para textos de ficção. Não vou mais blogar ...
Eu tenho acompanhado esses casos, não só contra vo...
Lamento muito que isso tenha ocorrido. Como sabe a...
Este saite está bem melhor.
Já ia esquecendo de comentar: sou novo por aqui e ...
Essa modificação do modo de ensino da língua portu...
Chico e Caetano, respectivamente, com os "eco...
Vai sair em inglês no CBSS esta sexta-feira... :)R...
pesquisar neste blog
 
arquivos
blogs SAPO